Can you be happy for 100 days in a row?

Numa daquelas noites em que de repente o sono se escapuliu e eu dei por mim a olhar o tecto às 4h da manhã, liguei a net e pus-me a saltitar de site em site, de blog em blog. Num desses blogs deparei com uma referência a um site sobre 100 happy days (http://100happydays.com/) e resolvi perder um bocadinho da minha noite a ler sobre o que era, até porque me parecia bem mais interessante que olhar para os ponteiros do relógio a avançar.

O desafio proposto pelo site era encontrar todos os dias algo que proporcionasse felicidade para que pudêssemos dar mais valor à nossa vida, encontrando algo alegre mesmo quando tudo parece mais negro e tentar associar uma fotografia que o reflectisse. Achei muito interessante, até porque já tinha feito algo do género em 2012: tirei uma foto todos os dias, mesmo quando me sentia mais triste, para poder achar sempre algo pelo qual me sentisse grata e concluir que, afinal, a vida tem sempre algo de feliz para oferecer. Desisti seis meses depois de começar mas ficou sempre o bichinho pelo que resolvi embarcar no desafio em Abril.

Não se tratou de um concurso de felicidade nem de uma ostentação do nosso modo de vida, apenas uma maneira de perceber que se é feliz no meio da nossa vida preenchida e tantas vezes frenética. E se no início partilhava as minhas fotos no facebook pouco a pouco decidi torná-las mais privadas mantendo, no entanto, a minha colecção diária. E estes são os meus 100 happy days, cerca de 25 de cada vez, tirando-os dos meus arquivos pessoais e partilhando-os com quem os quiser ver.

1-6Um dia de sol … desfrutar de um livro num parque verdejante … saborear um cappuccino … voltar para casa depois de um turno caótico … um lanche no jardim … um café português em terras britânicas…

7-12… almoço de Páscoa entre amigos … gatos… aterrar em Lisboa … planear as próximas férias … Lisboa à chuva … voltar a casa …

13-18… chegar ao trabalho e sentir o frio da manhã a desaparecer … iniciar um novo livro … um cappuccino sobre Londres com uma vista fantástica e uma companhia agradável … o som do silêncio … acabar o livro deitada na relva … quando tudo parece negro lembrar que “tomorrow is another day” (já dizia a Scarlett O’ Hara)…

19-25… bolo de chocolate … lanche com uma amiga … a vida em câmara lenta … tuga lunch … rir até às lágrimas … dormir a sesta depois de ter acordado às 4h30 … o som da chuva …

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s