About… me

Nasci e cresci em Lisboa, Portugal. Estudei em Lisboa, vivi nos arredores e também na margem sul.

Sou enfermeira e fui sempre funcionária pública, pelo que quando a crise começou no nosso país, começou também na minha vida. Tal como milhares de outros vi o meu ordenado reduzir enquanto os cortes aumentavam. Como tantos alterei o meu estilo de vida e passei a (sobre)viver com menos, muito menos. Quando comprei a minha casa em Palmela pensei – genuína e quiçá um pouco ingenuamente mas realmente pensei – que 10 anos depois a venderia e compraria uma casa mais perto de Lisboa, da minha família e  local onde trabalhava. Nessa altura, achava eu, teria progredido na carreira e ganharia mais! E 10 anos depois não só as carreiras estavam congelados há anos como o ordenado reduzia a olhos vistos. E foi nessa altura que decidi partir para Londres pelo que, 10 anos depois, estava cada vez mais longe de Lisboa, da minha família e do meu antigo local de trabalho.

Mas confesso que não vim de olhos fechados. Já visitara a cidade umas 10 vezes desde a primeira vez que pisara solo britânico e orientava-me bem nas suas ruas. A verdade é que a adorava e viver aqui era também a concretização de um sonho há muito adiado. E em 2013 achei chegada a hora de juntar a realização desse sonho com o desejo de ter uma vida, e um futuro, melhor, pelo que em Agosto tentei enfiar uma vida em duas malas e uma mochila e mudei-me para esta torre de Babel, em que as línguas se confundem numa cacofonia de sonoridades, sotaques e pronúncias e em que se toda a gente falasse ao mesmo tempo poucas eram as que se fariam entender.

Londres é, de facto, um caldeirão de culturas e o choque repercute-se diariamente nas vidas que se entrecruzam nesta cidade. E é um bocadinho desta minha vivência nesta cidade, destes meus devaneios diários, que pretendo dar a conhecer. Não é, de todo, um blog pessoal. Há experiências muito privadas que ficarão para sempre comigo, guardadas no meu coração e na minha mente e que só a morte as conhecerá e apagará. Mas há muitos momentos que gostarei de partilhar esperando que, deste modo, a minha vida e a daqueles cuja distância afastou se aproximem um pouco mais.

Enjoy. E lembrem-se sempre que, diariamente, há sempre algo pelo qual podemos, e devemos, ficar gratos.

Carpe diem!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s